Você está aqui: Página Inicial / Notícias 2017 / Portaria institui comissão permanente para avaliação do SINASE

Portaria institui comissão permanente para avaliação do SINASE

Portaria institui comissão permanente para avaliação do SINASE

A Comissão tem a missão de  verificar o cumprimento das metas e elaborar recomendações aos gestores e operadores do Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo – SINASE

A Ministra dos Direitos Humanos, Luislinda Valois, considerando a Resolução nº 119 do Conanda, instituiu, nesta quarta-feira (01), por meio da publicação da Portaria Nº 11, de 20 de fevereiro de 2017, a Comissão Permanente do Sistema Nacional de Avaliação e Acompanhamento do Atendimento Socioeducativo. A Comissão será composta por seis membros e um adolescente, indicados pelo Conselho além de representantes do Ministério dos Direitos Humanos, especialistas e demais órgãos. O objetivo da Comissão será coordenar o processo de avaliação e acompanhamento do atendimento socioeducativo no âmbito do Ministério.

A avaliação da implementação dos Planos de Atendimento Socioeducativo tem por objetivo verificar o cumprimento das metas estabelecidas e elaborar recomendações aos gestores e operadores do Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo - SINASE. Abrangerá, no mínimo, a gestão, as entidades de atendimento, os programas e os resultados da execução das medidas socioeducativas.

Os resultados do trabalho da Comissão, a ser realizado no prazo de 12 meses, serão apresentados ao Conanda por meio de relatório contendo histórico e diagnóstico da situação, além das recomendações e dos prazos para que essas sejam cumpridas, além de outros elementos a serem definidos em regulamento.

Ana Roseli Rodrigues Machado
Ana Roseli Rodrigues Machado disse:
23/08/2017 23:29

Estou residindo há 5 meses no Campeche-Florianópolis, vim de Porto Alegre. Sou licenciada e bacharel em Sociologia assim como professora de cursos livres. Gostaria muito de trabalhar na área sócio-educativa, mas não sei como ocorre o processo de ingresso. Tenho disponibilidade de tempo e principalmente vontade de fazer parte deste processo que diz respeito a minha formação. Se alguém poder me esclarecer, agradeço.

Conanda
Conanda disse:
24/08/2017 11:38

Olá Ana Roseli,
Cada estado tem o seu tipo de processo de seleção de profissionais para atuarem nas unidades de internação.Fique atenta às oportunidades no seu estado.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Os comentários são moderados