Você está aqui: Página Inicial / Notícias 2017 / Municípios aderem a projeto de proteção a crianças e adolescentes durante eventos e festas populares

Municípios aderem a projeto de proteção a crianças e adolescentes durante eventos e festas populares

 

Municípios aderem a projeto de proteção a crianças e adolescentes durante eventos e festas populares

Fonte: Ministério dos Direitos Humanos/ Foto: Thais Passos

A secretária Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente, Claudia Vidigal, participou nesta quarta-feira (26) da cerimônia de adesão dos municípios ao projeto “Proteção de Crianças e Adolescentes em Eventos e Festas Populares”, no IV Encontro dos Municípios com o Desenvolvimento Sustentável, em Brasília. O projeto tem como objetivo disseminar pelo país uma metodologia de enfrentamento a violações de direitos da população infantojuvenil durante eventos e festas populares – a chamada Agenda de Convergência, que já foi implementada nas cidades-sede da Copa do Mundo de 2014 e nas Olimpíadas do Rio de Janeiro, em 2016.

 

Na ocasião, a secretária reforçou a importância do compromisso assumido pelas prefeituras e o papel da SNDCA na disseminação dessa iniciativa. “Esse ato representa a oportunidade de replicar uma metodologia aplicada, testada e sempre em aprimoramento. A Secretaria reafirma o compromisso em fornecer apoio técnico, politico e prático sempre que possível para que esta inciativa seja um sucesso”, disse.

 

Mais de 20 cidades brasileiras manifestaram interesse em implementar a metodologia, que prevê a criação das seguintes estruturas: comitês locais para articular serviços de várias políticas setoriais, principalmente saúde e assistência; plantão integral e equipes itinerantes para percorre os locais mais movimentados nas festas;  e  espaços de convivência para atendimento de crianças e adolescentes encontrados em situação de vulnerabilidade.

 

Para simbolizar o ato de adesão, assinaram o documento a prefeita de Caruaru (PE), Raquel Lyra, e o prefeito de Jaguariúna (SP), Gustavo Reis. Também participaram da cerimônia o embaixador da União Europeia no Brasil, João Cravinho e o presidente da Frente Nacional de Prefeitos, Márcio Lacerda.

 

Mesa temática: A secretária Claudia Vidigal também participou nesta quarta-feira de uma mesa temática sobre como aprimorar políticas de proteção a crianças e adolescentes durante eventos e festas populares. A mesa contou com a presença ainda de Fabiana Gorenstein, oficial de Proteção do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), Fabiano Lima, coordenador-geral interino do Disque 100, Teté Bezerra, e a secretária Nacional de Qualificação e Promoção do Turismo, Eva Dengler, gerente de programas e relações empresariais da Childhood Brasil. O chefe do Setor de Cooperação da Delegação da União Europeia, Thierry Dudermel, foi o moderador da mesa.

 

“A Agenda de Convergência é uma metodologia que todos se apropriaram. É o interesse de todos convergindo em prol da proteção de crianças e adolescentes. Esse é o momento de revitalizar as potências existentes, e esse projeto é uma potência. A Agenda de Convergência não é um programa a mais, mas ele que reforça ações que já existem nos municípios”, explicou Vidigal.